Descrição

“E a sua história do seu criador, António Cuco, é tão autêntica como ele. Durante um período de desemprego e graças a uma incrível capacidade de empreendedorismo, António Cuco passou de um simples apreciador da bebida Gin para um verdadeiro “alquimista de sabores”, sendo capaz de criar uma marca emblemática e reconhecida internacionalmente.

Como inspiração, António Cuco foi recuperar cheiros e sabores da sua infância, como a maçã Bravo de Esmolfe, que a sua bisavó lhe dava para comer na feira de Borba, e a lúcia-lima, um aroma que lhe fazia lembrar o chá que a avó de S. Manços preparava à hora do lanche. A estas memórias juntou os botânicos, citrinos e outros ingredientes, todos da sua terra, para chegar à fórmula final do seu Gin Sharish. Pelo caminho, e com grande sede de conhecimento, leu mais de 400 textos e artigos de jornal. Aprendeu sozinho tudo sobre os vários tipos de gin, quais os botânicos utilizados, métodos de destilação, álcool base. E desvendou segredos. Como não dispunha de um alambique, alterou uma panela de pressão para destilar o seu primeiro gin. Hoje, esta panela de pressão que viu nascer o Gin Sharish original encontra-se em exposição no Centro Interpretativo do Gin, na destilaria em Monsaraz.

O Sharish Gin, cuja receita original mantém-se inalterada, passou de uma bebida caseira, feita para oferecer apenas a alguns amigos, para uma bebida premium de qualidade reconhecida e uma destilaria com 1.400 m2 e um volume de negócios que ascende 1.300.000,00 € (2018). É na destilaria Sharish Gin que existe o primeiro e único Centro de Interpretação do Gin da Península Ibérica, por onde num espaço e apenas um ano já passaram mais de 6.000 pessoas. Sharish é uma marca em expansão que se prepara para o futuro.”