Descrição

“Esse projeto nasceu há alguns anos inicialmente para suprir as necessidades de verdes biológicos e alto teor nutricional da família. Pai nutricionista, mãe bióloga e médica veterinária, duas filhas pequenas em iniciação para o consumo de verduras, tornou-se um fator importante para que iniciássemos os estudos e os testes da produção.

Fizemos tudo de forma artesanal, com os melhores fornecedores de sementes e substrato (trabalhando com terra biológica e cânhamo biológico), em uma pequenina estufa no meio da cidade. Correu tão bem, que resolvemos que a mãe se dedicaria a isto a tempo integral. Temos tido excelentes feedbacks sobre nossos produtos, que são mais do que saladas ricas em nutrientes, são experiências, onde as pessoas podem cuidar das suas saladas e ir consumindo conforme deseja, sempre fresquinha, pode conservar em frigorífico, vivas, e ainda juntar a família à mesa para colher na hora a sua refeição saudável, livre de produtos nocivos à saúde. As crianças adoram colher elas próprias, e divertem-se a comer saladas, pequeninas e saborosas!

Os microverdes, ou microgreens, são rebentos, as primeiras “folhas” que aparecem na planta (que podem ser repolho roxo, ervilhas, girassol, rabanetes, rúcula, brócolos, entre outros), que, quando consumidos nos seus primeiros 15 ou 20 dias de vida, oferecem uma concentração máxima de nutriente (como fatores antioxidantes, vitaminas e minerais) e intenso sabor, além de embelezar os pratos com a suas delicadezas e cores vibrantes. Pode-se consumi-los crus (mais indicado), ou refogado com outros alimentos. Além disso, pode-se usar em batidos e cremes, em sumos e shots como a erva de trigo, e para aromatizar azeites. Inclusive, desidratados, servem como preciosos temperos!

Entregamos em todo Portugal, trabalhamos com encomendas, e temos toda semana alguns produtos a pronta entrega, além de estarmos em parceria com alguns restaurantes do norte”