Fotos

Descrição

” A Herdade dos Templários (designação social da empresa é Quinta do Cavalinho – Vinhos, Lda. com sede em Vermoil) é uma Quinta vitivinícola de cariz familiar que se dedica à produção e comercialização de vinhos de qualidade desde 1989 em Valdonas, a 3km do centro histórico de Tomar.

A Região Fundada no séc. XII, Tomar foi conquistada aos Mouros pelo Rei D. Afonso Henriques e doada aos Templários, os grandes impulsionadores e dinamizadores da região que promoveram a colonização agrícola, alargando as áreas de cultivo da vinha. Zona de transição entre a lezíria ribatejana a sul e a montanha a norte, caracteriza-se pelo relevo acentuado; diversidade dos solos e excelentes recursos hidrográficos, condições naturais favoráveis ao cultivo da vinha que existe nesta fértil região agrícola há vários séculos. A Quinta Com uma área de 30 hectares, a propriedade é composta por 18 hectares de vinha, adega de vinificação (recepção, laboratório, zona de vinificação, zona de estágio, linha de enchimento, armazém, sala de provas), salão de eventos e duas casas de turismo local, em fase de implementação. As Vinhas As vinhas estão plantadas em solo profundo de origem xistosa e argilo-calcária, seco à superfície e rico em água na transição para o subsolo. Dotadas de rega gota-agota, para controlar o nível de stress hídrico, as vinhas apresentam sistemas de condução que garantem a exposição solar e arejamento necessários para maturações mais equilibradas e uvas de alta qualidade assentes numa selecção das melhores castas regionais, nacionais e internacionais. Castas tintas: Touriga Nacional, Aragonez, Castelão, Alicante Bouschet, Syrah, Cabernet Sauvignon e Merlot. Castas brancas: Arinto, Fernão Pires, Moscatel Galego Branco, Moscatel Roxo, Chardonnay, Sauvignon Blanc, Riesling e Gewürztraminer.

Os vinhos produzidos espelham as tradições multicentenárias da cidade Templária na arte de bem produzir o vinho, quer através de uma identidade de marca fortemente associada aos Templários, quer através do florescimento das vinhas no seu ambiente natural, dando sentido prático à teoria o vinho faz-se na vinha. Os vinhos são vinificados exlusivamente de uvas próprias cadastradas para vinhos IGP/DOP da região vitivinícola TEJO/sub-região Tomar. Todos os vinhos apresentam, pelo menos, 50% de castas nacionais expressando, em cada garrafa, o Terroir e a Identidade do Vinho Português. Qualidade Uma perfeita conjugação entre a tradição, a tecnologia e o know-how aliados a uma rigorosa selecção de castas e à arte de vinificar na própria adega as suas próprias uvas, sob o controlo de uma experiente equipa técnica liderada pelo enólogo Hernâni Canavarro, tem permitido produzir em pequena escala, grandes vinhos.”